Oficinas

Confira abaixo as informações sobre as oficinas do XIII Congresso ABRAPCORP.

Coordenação: Profa. Dra. Cleusa Maria Andrade Scrofernecker (PUC/RS)/ Profa. Dra. Sandra Nunes Leite (UFAL)

06 de maio de 2019

8h30

Gestão de crises no ambiente digital

Professora: Carolina Frazon Terra
Vagas: 30
Local: Sala de aula

Apresentação: A oficina Gestão de crises no ambiente digital se propõe a entender como se dão as crises no ambiente digital, que fatores contribuem e como geri-las. A metodologia se dará por meio de exemplos e casos reais, exercícios práticos e, por fim, como uma política de mídias sociais pode ajudar.

Conteúdo/Programação:

  • O que são crises no ambiente digital
  • Quem ou o que pode causar/desencadeá-las
  • Análise de casos práticos e reais
  • Gerenciamento de crises
  • Políticas de conduta em mídias sociais

Mini-currículo: Carolina Frazon Terra é pesquisadora sênior integrante do grupo de pesquisa em Comunicação Digital Com+ da ECA/USP, pós-doutoranda, doutora, mestre e especialista pela ECA-USP; formada em Comunicação Social/RP. Já passou por empresas como FIAT, Vivo, MercadoLivre, Agência Ideal, Garoto e Nestlé. Atualmente, é consultora de mídias sociais e RP Digitais, professora das pós-graduações da USP, ESPM, FIA e FAAP e editora do Blog RPalavreando. E-mail: contato@carolterra.com.br. LinkedIn: https://www.linkedin.com/in/carolinaterra/.

8h30

As Relações Públicas na era da empatia: como construir conexões dialógicas no mercado de trabalho

Professora: Fabiana Delgado
Vagas: 30
Local: Sala de aula
Apresentação: Durante as oficinas serão discutidos os seguintes temas:

  • A importância das Relações Públicas na construção da reputação corporativa
  • Storytelling é agora storydoing: transformando propósito em atitude
  • O papel do profissional de Relações Públicas na era da ultra conexão, da transparência e do diálogo
  • Como atuar para que instituições e seus públicos consigam estabelecer diálogo, mesmo estando em lados diferentes
  • Apresentação de casos, técnicas e ferramentas para dialogar de forma transparente e direta com os vários públicos
  • Dinâmicas em grupo sobre os conceitos e técnicas apresentados, simulando situações do universo corporativo

Mini-currículo: Fabiana Delgado é formada em Relações Públicas pela Escola de Comunicações e Artes (ECA), da Universidade de São Paulo (2003), e tem MBA em Liderança, pelo WPP (2015). Com experiência de mais de 15 anos em agência, é atualmente diretora do Núcleo de Saúde e Acesso ao Mercado da BCW Brasil, agência do grupo WPP, um dos maiores conglomerados de comunicação do mundo. Atuou anteriormente como coordenadora da prática de saúde da BCW Colômbia e teve passagens pela Fischer América e agências de marketing cultural. Participou da idealização de projetos como Trata Brasil (Saneamento Básico), Campanha Doce Equilíbrio (UNICA) e Sorriso para Todos (Colgate-Palmolive). É conselheira da Gestão Triênio 2019-2021 do Conselho Regional de Profissionais de Relações Públicas – 2ª Região SP/PR.

8h30

Oficina de produção audiovisual com celular

Professor: Marcos Ryo Hashimoto

Vagas: 20

Local: Laboratório de Edição

Apresentação: Nesta oficina os participantes receberão as instruções para realização da captação de vídeo com os próprios celulares, finalizando a atividade editando-o em Adobe Première.

Conteúdo/Programação:

Breve explanação sobre pré-produção e produção, o aparelho celular e configurações, roteiro, iluminação, temperatura de cor, técnicas de captação de áudio e vídeo, referências e prática de captação e edição.

Mini-currículo: Professor Marcos Ryo é produtor audiovisual, artista plástico, iniciou sua carreira no audiovisual em 1989, foi sócio de produtora atuando principalmente no setor corporativo. Atualmente é docente nos cursos de publicidade e propaganda e relações públicas na Faculdade Cásper Líbero. Membro da associação brasileira de cinematografia.

8h30

Marketing de conteúdo: como posicionar as empresas na primeira página do Google?

Professor: Adriano Rodrigues

Vagas: 25

Local: Laboratório

Apresentação: A internet democratizou o acesso a informação e ao marketing. Com estratégia, planejamento, conteúdo e tecnologia é possível colocar as empresas na primeira página do Google sem precisar fazer anúncios digitais.

Conteúdo/Programação:

  • O que é Marketing de Conteúdo?
  • Estratégia de Marketing de conteúdo
  • O que é SEO – Search Engine Optimization
  • Escolhendo a plataforma de publicação digital
  • Busca de palavras-chaves
  • Otimização de conteúdo com técnicas de SEO
  • Métricas

Mini-currículo: Adriano Rodrigues, possui mestrado em Artes Visuais pela Universidade Estadual de Campinas, professor da Faculdade Casper Líbero e diretor da RDO – Plataforma de Publicação Online.

19h

Oficina de produção audiovisual com celular

Professor: Marcos Ryo Hashimoto

Vagas: 20

Local: Laboratório de Edição

Apresentação: Nesta oficina os participantes receberão as instruções para realização da captação de vídeo com os próprios celulares, finalizando a atividade editando-o em Adobe Première.

Conteúdo/Programação:

Breve explanação sobre pré-produção e produção, o aparelho celular e configurações, roteiro, iluminação, temperatura de cor, técnicas de captação de áudio e vídeo, referências e prática de captação e edição.

Mini-currículo: Professor Marcos Ryo é produtor audiovisual, artista plástico, iniciou sua carreira no audiovisual em 1989, foi sócio de produtora atuando principalmente no setor corporativo. Atualmente é docente nos cursos de publicidade e propaganda e relações públicas na Faculdade Cásper Líbero. Membro da associação brasileira de cinematografia.

19h

Marketing de conteúdo: como posicionar as empresas na primeira página do Google?

Professor: Adriano Rodrigues

Vagas: 25

Local: Laboratório

Apresentação: A internet democratizou o acesso a informação e ao marketing. Com estratégia, planejamento, conteúdo e tecnologia é possível colocar as empresas na primeira página do Google sem precisar fazer anúncios digitais.

Conteúdo/Programação:

  • O que é Marketing de Conteúdo?
  • Estratégia de Marketing de conteúdo
  • O que é SEO – Search Engine Optimization
  • Escolhendo a plataforma de publicação digital
  • Busca de palavras-chaves
  • Otimização de conteúdo com técnicas de SEO
  • Métricas

Mini-currículo: Adriano Rodrigues, possui mestrado em Artes Visuais pela Universidade Estadual de Campinas, professor da Faculdade Casper Líbero e diretor da RDO – Plataforma de Publicação Online.

07 de maio de 2019

8h30

Perspectivas críticas sobre Relações Públicas: desafios contemporâneos

Professor: Daniel Reis Silva

Vagas: 30

Local: Sala de aula

Apresentação: A oficina visa propiciar uma visão panorâmica das perspectivas críticas sobre Relações Públicas, abordando as principais ideias, autores e temas que sustentam essa perspectiva teórica. Confere centralidade para as incongruências, tensões e ambiguidades que perpassam a atividade de relações públicas no mundo contemporâneo, incentivando seus participantes a refletirem sobre possíveis temas de investigação acerca do impacto das práticas da área na conformação do mundo social e nas disputas de sentido.

Mini-currículo: Professor Adjunto da Universidade Federal de Santa Maria, Campus Frederico Westphalen. Doutor em Comunicação Social pela Universidade Federal de Minas Gerais. Mestre em Comunicação Social pela Universidade Federal de Minas Gerais. Vencedor do Prêmio CAPES de Teses 2018 na área de Comunicação e Informação, do Grande Prêmio UFMG de Teses 2018 e do Prêmio Abrapcorp de Teses (2018). Autor do livro “Astroturfing: lógicas e dinâmicas de manifestações de públicos simulados” (Selo PPGCOM/UFMG, 2015). Tem experiência na área de Relações Públicas, discutindo principalmente as dimensões conceituais da área, perspectivas críticas de relações públicas, processos de formação e movimentação de públicos e lógicas e dinâmicas de influência social e opinião pública.

19h

Oficina do Inconsciente

Professora: Dirce Escaramai

Vagas: 30

Duração: 3 horas

Local: Sala de aula

Apresentação: Por meio de aula expositiva e vivência, a oficina do Inconsciente visa compreender o funcionamento do aparelho psíquico segundo Freud e Jung para o entendimento da dinâmica interna da psique. Vivenciar o contato com o inconsciente para acionar o potencial criativo.

Mini-currículo: Dirce Escaramai é graduada em Psicologia e pós-graduada em Comunicação pela Faculdade Cásper Líbero. Docente da disciplina Psicologia aplicada às Relações Públicas desde 1997 e Psicologia em Publicidade e Propaganda desde 2004. É, também, Psicóloga Clínica atuando como analista junguiana com adolescentes e adultos, em relaxamento corporal, desenvolvimento de grupos, orientação vocacional e profissional desde 1988.

19h

DocMakers | O novo mercado de documentários

Professor: Leonardo Brandt

Vagas: 50

Local: Sala de aula

Apresentação: O documentário vive talvez o seu momento histórico mais rico, tanto conceitualmente, quanto em termos de linguagem, modos de produção, distribuição e audiência. Causas, marcas, movimentos sociais, espirituais, filosóficos, políticos, todos se apropriam da linguagem documental para transmitir mensagens e engajar audiências. O própria indústria do entretenimento e da ficção valem-se cada vez mais das inúmeras possibilidades criativas que o documentário oferece, em um mundo sedento por verdade. O que significa fazer documentários diante desse quadro ao mesmo tempo criativo e inovador, e também hiper-saturado. O documentário ao alcance de todos.

Mini-currículo: Leonardo Brant é documentarista e consultor criativo. Diretor dos filmes Ctrl-V e Comer o quê? é diretor associado da Deusdará Filmes e idealizador da plataforma DocMakers: www.leonardobrant.com.

08 de maio de 2019

8h30

Empatia e a comunicação corporativa na cultura de Inclusão e Diversidade nas organizações

Professor: Vinícius Riqueto de Oliveira

Vagas: 35

Local: Sala de aula

Apresentação: O exercício da empatia no mundo do trabalho está diretamente relacionado à construção de ambientes comunicacionais propícios ao diálogo. Sem este contexto, a abordagem da temática Inclusão e Diversidade nas organizações tende a ser tensa, na medida em que discursos imperativos desconsideram as subjetividades e os modelos mentais mais conservadores. Derrubar as barreiras do preconceito de modo respeitoso é um trabalho de longo prazo e de transformação cultural, atividade na qual a comunicação tem um papel essencial.
Elaborada com contribuição dos coletivos de diversidade formado pelos alunos da Faculdade Cásper Líbero, a oficina “Empatia e a comunicação corporativa na cultura de Inclusão e Diversidade nas organizações” propõe uma jornada de reflexão sobre o papel dos profissionais de comunicação na construção de estratégias e planos de ação sobre o tema.

Mini-currículo: Vinícius Riqueto de Oliveira é Mestrando em Comunicação pela Faculdade Cásper Líbero, especialista em Comunicação Digital em Ambientes Corporativos pela ECA-USP e graduado em Relações Públicas pela faculdade Cásper Líbero. Trabalha há 11 anos na Cargill, com atuação nas áreas Assessoria de Imprensa, Relações Governamentais, Branding e Comunicação Corporativa. Atualmente trabalha como Employee Experience Specilist na área de Recursos Humanos da empresa, onde utiliza estratégias de comunicação e técnicas de RH para disseminar as diretrizes da organização e promover uma melhor experiência com os funcionários da companhia.

8h30

Comunicação acessível e representativa: por onde começar?

Professora: Aline Santos

Vagas: 25

Local: Sala de aula (equipamento de imagem e som)

Apresentação: A diversidade é uma característica humana complexa e irredutível. Como as estratégias de comunicação pode contemplar as particularidades de diferentes grupos sociais? Como criar representações que sejam representativas e fujam de estigmatização? Nessa oficina você aprenderá como mapear os diferentes públicos e a fim de identificar barreiras excludentes dos processos de comunicação e pensar em caminhos possíveis para contemplá-los em ações estratégicas.

Mini-currículo: Comunicadora especialista em plataformas colaborativas para o engajamento de causas na Internet e monitoramento de políticas públicas. Com experiência na área de comunicação, atua desde 2011 no terceiro setor, onde realizou projetos de acessibilidade comunicacional, articulação em rede, mapeamento de práticas educacionais inclusivas e desenvolvimento de portais e ambiente EAD acessíveis.

19h

Fake news, uma conversa necessária

Professor: Rodrigo Pelegrini Ratier

Vagas: 30

Local: Sala de aula

Apresentação: O tema das notícias falsas ou fraudulentas se tornou central em nossas sociedades nos últimos anos. Mas o que, efetivamente, são fake news? Qual a relação entre elas e a desinformação? Como entender o cenário em que florescem – e mais importante, como trabalhar para o seu combate? Essas questões serão discutidas em uma oficina dinâmica, com interações e exemplos concretos para debate.

Mini-currículo: Professor do curso de jornalismo da Faculdade Cásper Líbero, jornalista com doutorado em Educação pela FEUSP. Trabalhou nas revistas Galileu, Mundo Estranho, Superinteressante e Nova Escola, onde atuou por 10 anos e exerceu o cargo de editor-executivo.

 

09 de maio de 2019

8h30

Odiadores e opinião pública

Professora: Bárbara Miano

Vagas: 30

Local: Sala de aula

Apresentação: Muito se fala sobre as emoções na comunicação, porém, pouco se estuda o tema de forma aprofundada no campo. A oficina “Odiadores e opinião pública: efeitos pathêmicos do discurso como proposta de entendimento do ódio na contemporaneidade” oferece um caminho de compreensão e investigação do tema a partir da ótica dos efeitos pathêmicos do discurso, conceito desenvolvido pelo linguista francês Patrick Charaudeau, que garante um método de estudo e pesquisa sobre as emoções na comunicação organizacional. A oficina, ainda, objetivará a apreensão do ódio na contemporaneidade e, para tanto, nos apoiaremos na discussão e estudo de casos e exemplos atuais.

Mini-currículo: Bárbara Miano é relações-públicas e mestre em comunicação social pela Universidade de São Paulo – USP, atualmente, Bárbara integra o time de marketing e comunicação para a América Latina da empresa Dafiti e é professora universitária do curso de comunicação em redes sociais da Universidade Nove de Julho. Nos últimos cinco anos, atuou nos times de comunicação institucional das multinacionais norte-americanas General Electric e Edelman. Foi também pesquisadora financiada pela agência de fomento CAPES e um de seus trabalhos acadêmicos foi premiado como o melhor estudo da área de comunicação organizacional do ano de 2015.

19h

História e Propaganda: As Tecnologias de Manipulação da Opinião Pública

Professor: José Augusto Dias do Junior

Vagas: 30

Local: Sala de aula

Apresentação: Em essência, propõe-se a apresentação de um pequeno histórico das técnicas de formação e direcionamento da opinião pública ao longo da História Contemporânea, em especial a partir do desenvolvimento dos meios de comunicação de massa, com destaque para a imprensa, o cinema e a televisão, até o surgimento de recursos mais recentes, por meio da internet e das chamadas redes sociais. A apresentação deverá ser seguida por uma atividade prática, com a discussão das percepções e experiências pessoais dos participantes da oficina.

Mini-currículo: Graduado e Licenciado em História pela Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo (1984), obteve o título de Mestre em História Social (1996) pela mesma instituição. Defendeu seu doutorado em História Cultural pela Unicamp (2004). Tem capítulos publicados em projetos editoriais coletivos como O Giz e a Graxa – Meio Século de Educação para o Trabalho, organizado por Vera Helena Farinas Tremel (Senai-SP, 1992) e História da Técnica e da Tecnologia no Brasil, organizado por Milton Vargas (Editora da Unesp, 1994). Em parceria com Rafael Roubicek, publicou O Brilho de Mil Sóis – História da Bomba Atômica (1994) e Guerra Fria – A Era do Medo (1996), ambos pela Editora Ática. Em 2010, publicou Os Contos e os Vigários – Uma História da Trapaça no Brasil (Editora Leya). Atualmente, tem como linha de pesquisa o estudo de diferentes aspectos da História Contemporânea com base no estudo da produção literária, televisiva e cinematográfica do período, de acordo com os parâmetros teóricos da História Cultural. É Professor de História Contemporânea no curso de Jornalismo e de Relações Públicas da Faculdade Cásper Líbero.

 

Confira a programação geral do XIII Congresso ABRAPCORP.